CLIENTES
representantes e distribuidores em todo brasil
SISTEMA
de estoque dinâmico e entrega com agilidade
+ DE 2000 ITENS
Estar próximo é descobrir como atendê-lo cada vez melhor
CABOS DE COMANDO
desenvolvidos com alta tecnologia de ponta a ponta
A Alka3, detentora da marca Cabovel desde 2007, é a empresa que produz cabos de comando e sistemas de comando originais para as principais montadoras instaladas no Brasil.
Dedicada em atender com qualidade e tecnologia os seus clientes, a Alka3 se sobressai com as certificações ISO TS 16949 e ISO 14000.
Possui mais de 2000 itens em catálogo, abrangendo todo o mercado automobilistico no Brasil.
CABOS FLEXÍVEIS DE COMANDO ORIGINAIS

cabovel selo 45snos

Iveco conclui linha Ecoline com novo Vertis HD

Caminhão chega nas versão leve, com PBT de 9 toneladas, e médio, de 13 toneladas

A Iveco começa o ano encerrando um ciclo: conclui os lançamentos da Linha Ecoline (modelos Euro 5), com o novoVertis HD (High Duty), que chega a partir desse mês às 109 concessionárias em duas versões: o leve com PBT de 9 toneladas e o médio de 13 toneladas e cabine dupla.

O caminhão chega para completar a lacuna que ficou de 2012, quando, ao lançar os demais 4 modelos da Linha Ecoline (Daily, Trakker, Tector e Stralis) a Iveco ficou de fora do mercado que compreende veículos entre 8 e 15 toneladas.

O diretor comercial Alcides Cavalcanti avalia o veículo como o ideal para o mercado de varejo, setor da economia que mais absorve caminhões na faixa de 8 a 15 toneladas de PBT. Com o novo Vertis HD, a Iveco está de olho numa fatia do mercado que consumiu 38,5 mil unidades em 2012, participação de 22% das vendas totais de aminhões. O executivo informa que a estimativa deste nicho para 2013 é 45 mil unidades, alta de 8% sobre o ano passado.

“Esperamos crescer 5 pontos porcentuais, ou seja, entregar 3,5 mil unidades do novo Vertis HD este ano, o que nos confere participação de 8% no segmento”, projetou.

Do total estimado, 2,5 mil unidades devem ser da versão de 9 toneladas. Segundo Cavalcanti, 52% do volume de caminhões do segmento de 8 a 15 toneladas (leves e médios) está presente em centros urbanos, sendo que a maior parte circula em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador. O executivo aponta que o setor de varejo terá crescimento de aproximadamente 7% este ano, resultado do aumento do poder de compra do consumidor, além de incentivos como a desoneração da folha de pagamento e redução de alíquotas para linha branca que vão alavancar os negócios este ano. O setor estima criar 450 mil novos postos de trabalho.

“É neste cenário promissor que lançamos o Vertis HD, que se tornará assíduo deste panorama urbano, inclusive em outras cidades.”

Para desenvolver seu novo caminhão, a Iveco ouviu clientes e empresas atacadistas. “Os clientes deste segmento colocam em primeiro lugar a rentabilidade e a produtividade”, diz Alexandre Serretti, diretor de plataformas de veículos leves e médios da Iveco. Ele afirma que foram necessários 140 tipos de testes em dois anos de desenvolvimento para criar um modelo “diferenciado com a melhor relação custo-benefício”.

Inspirado na estrutura do médio Tector, o novo Vertis HD vem com o motor FPT NEF 4, com potências de 177 cv para a versão leve e 182 cv para o médio, respectivamente ganhos de potência de 10% e 3,4% na comparação com as versões anteriores. Segundo Serretti, com a adaptação para Euro 5, o motor reduziu em 5,5% o consumo de combustível na comparação com a versão Euro 3. Desenvolvido pela equipe de engenheiros da fábrica de Sete Lagoas (MG), alguns testes foram realizados em parceria com a matriz da Iveco, na Itália. Foram reformulados a parte elétrica e eletrônica, chassi, powertrain, cabine e bancada de direção. O caminhão também ganhou novo sistema de suspensão da cabine e suspensão primária. Para dar conforto à cabine, a Iveco uniu-se à equipe de engenheiros da Fiat Automóveis, que desenvolveu a parte interna do novo Gran Siena.

Serretti afirma que o novo motor Euro 5 do Vertis HD se mostrou 11% mais econômico que a média dos concorrentes diretos, como o Volkswagen Delivery e o Accelo da Mercedes-Benz. Ele acrescenta que a Iveco já estuda a introdução de transmissões automatizadas em seus veículos, e isso inclui o Vertis.

“Isso se dará em um futuro breve. Hoje, nosso compromisso é com o custo, eficiência e a competitividade do veículo. Não adianta oferecer um caminhão com itens que elevam o preço a um cliente que preza pela economia.”

O novo Vertis HD chega ao mercado com preço sugerido de R$ 115 mil a versão 9 toneladas, e a partir de R$ 135 mil a de 13 toneladas.

“Além do preço competitivo e vários itens de série, o novo Vertis HD vem com dois anos de garantia: 1 ano total e mais 1 ano para motor, caixa de câmbio e diferencial”, acrescenta o diretor comercial, Acidades Cavalcanti. Ele informa que o custo de manutenção se mostrou entre 5% a 6% menor que a dos concorrentes.

Para alavancar as vendas e mostrar que voltou à categoria, a Iveco oferecerá gratuitamente aos clientes todas as trocas de filtros e óleos do motor pelo período de 1 ano ou 90 mil quilômetros, com mão de obra inclusa, válido até 31 de março de 2013.

Catálogo Eletrônico

Catálogo

Qualificações

SAC

Atendimento de segunda a sexta-feira das 8hs às 17hs
+55 11 3604.8855

ou envie-nos um e-mail

Seja um representante

 

Noticias - Cabovel

Noticias - Automotivo