CLIENTES
representantes y distribuidores en todo Brasil
SISTEMA
de inventario dinámico y entrega con agilidad
+ DE 2000 ARTICULOS.
Estar cerca es como servir mejor y mejor
CABOS DE CONTROL
Desarrollado con alta tecnología de punta a punta

Alka3, propietaria de la marca Cabovel desde 2007 es la empresa que produce cables de control originales y sistemas de control para los principales fabricantes de Brasil.
Dedicada a ofrecer calidad y tecnología a sus clientes, Alka3 tiene las certificaciones ISO TS 16949 e ISO 14000.
Cuenta con más de 2000 artículos en catálogo, que abarca todo el mercado automotriz en Brasil.
CABLE FLEXIBLE DE CONTROLES ORIGINALES

Iveco conclui linha Ecoline com novo Vertis HD

Caminhão chega nas versão leve, com PBT de 9 toneladas, e médio, de 13 toneladas

A Iveco começa o ano encerrando um ciclo: conclui os lançamentos da Linha Ecoline (modelos Euro 5), com o novoVertis HD (High Duty), que chega a partir desse mês às 109 concessionárias em duas versões: o leve com PBT de 9 toneladas e o médio de 13 toneladas e cabine dupla.

O caminhão chega para completar a lacuna que ficou de 2012, quando, ao lançar os demais 4 modelos da Linha Ecoline (Daily, Trakker, Tector e Stralis) a Iveco ficou de fora do mercado que compreende veículos entre 8 e 15 toneladas.

O diretor comercial Alcides Cavalcanti avalia o veículo como o ideal para o mercado de varejo, setor da economia que mais absorve caminhões na faixa de 8 a 15 toneladas de PBT. Com o novo Vertis HD, a Iveco está de olho numa fatia do mercado que consumiu 38,5 mil unidades em 2012, participação de 22% das vendas totais de aminhões. O executivo informa que a estimativa deste nicho para 2013 é 45 mil unidades, alta de 8% sobre o ano passado.

“Esperamos crescer 5 pontos porcentuais, ou seja, entregar 3,5 mil unidades do novo Vertis HD este ano, o que nos confere participação de 8% no segmento”, projetou.

Do total estimado, 2,5 mil unidades devem ser da versão de 9 toneladas. Segundo Cavalcanti, 52% do volume de caminhões do segmento de 8 a 15 toneladas (leves e médios) está presente em centros urbanos, sendo que a maior parte circula em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador. O executivo aponta que o setor de varejo terá crescimento de aproximadamente 7% este ano, resultado do aumento do poder de compra do consumidor, além de incentivos como a desoneração da folha de pagamento e redução de alíquotas para linha branca que vão alavancar os negócios este ano. O setor estima criar 450 mil novos postos de trabalho.

“É neste cenário promissor que lançamos o Vertis HD, que se tornará assíduo deste panorama urbano, inclusive em outras cidades.”

Para desenvolver seu novo caminhão, a Iveco ouviu clientes e empresas atacadistas. “Os clientes deste segmento colocam em primeiro lugar a rentabilidade e a produtividade”, diz Alexandre Serretti, diretor de plataformas de veículos leves e médios da Iveco. Ele afirma que foram necessários 140 tipos de testes em dois anos de desenvolvimento para criar um modelo “diferenciado com a melhor relação custo-benefício”.

Inspirado na estrutura do médio Tector, o novo Vertis HD vem com o motor FPT NEF 4, com potências de 177 cv para a versão leve e 182 cv para o médio, respectivamente ganhos de potência de 10% e 3,4% na comparação com as versões anteriores. Segundo Serretti, com a adaptação para Euro 5, o motor reduziu em 5,5% o consumo de combustível na comparação com a versão Euro 3. Desenvolvido pela equipe de engenheiros da fábrica de Sete Lagoas (MG), alguns testes foram realizados em parceria com a matriz da Iveco, na Itália. Foram reformulados a parte elétrica e eletrônica, chassi, powertrain, cabine e bancada de direção. O caminhão também ganhou novo sistema de suspensão da cabine e suspensão primária. Para dar conforto à cabine, a Iveco uniu-se à equipe de engenheiros da Fiat Automóveis, que desenvolveu a parte interna do novo Gran Siena.

Serretti afirma que o novo motor Euro 5 do Vertis HD se mostrou 11% mais econômico que a média dos concorrentes diretos, como o Volkswagen Delivery e o Accelo da Mercedes-Benz. Ele acrescenta que a Iveco já estuda a introdução de transmissões automatizadas em seus veículos, e isso inclui o Vertis.

“Isso se dará em um futuro breve. Hoje, nosso compromisso é com o custo, eficiência e a competitividade do veículo. Não adianta oferecer um caminhão com itens que elevam o preço a um cliente que preza pela economia.”

O novo Vertis HD chega ao mercado com preço sugerido de R$ 115 mil a versão 9 toneladas, e a partir de R$ 135 mil a de 13 toneladas.

“Além do preço competitivo e vários itens de série, o novo Vertis HD vem com dois anos de garantia: 1 ano total e mais 1 ano para motor, caixa de câmbio e diferencial”, acrescenta o diretor comercial, Acidades Cavalcanti. Ele informa que o custo de manutenção se mostrou entre 5% a 6% menor que a dos concorrentes.

Para alavancar as vendas e mostrar que voltou à categoria, a Iveco oferecerá gratuitamente aos clientes todas as trocas de filtros e óleos do motor pelo período de 1 ano ou 90 mil quilômetros, com mão de obra inclusa, válido até 31 de março de 2013.

Catálogo Electrónico

Catálogo

Calificaciones

Servicio al cliente

Servicio de lunes a viernes de 8 a 17hs
+55 11 3604-8855

O envíenos un correo electrónico

Represéntanos

 

Noticias - Cabovel

Notícias - Motor

Noticia del canal electrónico no encontrada

Noticias - Economía

Noticia del canal electrónico no encontrada